sexta-feira, 31 de outubro de 2008

A Terra certa para a construção_Vol.I

Quantidade de Argila, testes de solo

Na construção com terra crua, a escolha da melhor terra é essencial, sendo a percentagem de argila um factor essencial.
As argilas são as partículas de menor dimensão dos solos, funcionam como layers, imans microscópicos e são elas que garantem a coesão e (im)permeabilidade da parede. O material terra deve conter pelo menos 5% de argila para atingir força estrutural. Por outro lado a argila expande e retrai com a alteração do nível de humidade, criando dificuldades que podem e devem ser controladas.

Uma vez que as paredes de terra são normalmente construídas com subsolos conseguidos localmente, existe uma ampla variedade no tipo de solos que podem ser utilizados.
A aplicação de testes e ensaios de controlo de qualidade e adequação (de que falaremos em concreto nos próximos posts) é por isso fundamental.
Alguns destes testes podem ser desenvolvidos no decurso da obra, sem recurso a instrumentos de laboratório. É conveniente, no entanto, que todos os testes sejam feitos, para de forma segura e credível se possa executar a obra.



Como primeiro exemplo simples de teste (Sedimentação) podemos deitar a terra a utilizar num frasco de vidro redondo com um fundo plano, e encher até ¼ da sua altura com terra e os restantes ¾ com água (ver figura acima).

Tapa-se o frasco e deixa-se repousar durante uma hora para permitir uma impregnação de todas as partículas. Em seguida, agita-se fortemente e deixa-se repousar durante mais uma hora, ao fim da qual agita-se novamente e mais uma vez deixa-se repousar durante pelo menos 45 minutos.

A partir dessa altura, é possível começar a observar os resultados. As partículas sólidas começam a assentar, podendo medir-se com alguma precisão as diferentes texturas na amostra. Os saibros depositar-se-ão no fundo, seguidos da camada de silte e da de argila e, à superfície da água, surgem as partículas orgânicas. Ao fim de oito horas, pode então medir-se a altura das diferentes camadas e avaliar, em termos percentuais, a constituição da terra. Deve-se ter em consideração, no entanto que as partículas argilosas aumentam de volume com a presença da água.

Teste da sedimentação de três tipos de solos, Tese de Mestrado, Eng. Idália Gomes

É sempre possível modificar ou estabilizar solos ou argilas, através da adição percentual de areias lavadas, pedra (taliscas_xistos ou granitos) de pequenas dimensões, cal, palha, casca de arroz, ou mesmo diferentes argilas.

No entanto, é preciso ter em atenção que diferentes técnicas de construção com terra requerem diferentes misturas de solo, pelo que o conhecimento específico destas matérias e a realização dos testes é tão importante.


Este diagrama triaxial vem complementar o apresentado no post Argila + Areia + Silte = TERRA.

1 comentário:

Anónimo disse...

Hi - I am definitely happy to discover this. Good job!