quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

RIPAM 3_2009

3º Encontro Internacional sobre Património Arquitectónico do Mediterrâneo
Universidade Lusíada de Lisboa
15-17 Outubro de 2009

Depois da primeira edição em Meknès (RIPAM1 – 2005) e a segunda em Marrakech (RIPAM2 – 2007), coube à Universidade Lusíada de Lisboa, a honra de receber o RIPAM3 – 2009.

O 3º Encontro Internacional Sobre Património Arquitectónico do Mediterrâneo que terá lugar na Universidade Lusíada de Lisboa, Portugal, nos dias 15 a 17 de Outubro de 2009, representa uma oportunidade para conhecer e divulgar os maiores e mais recentes desenvolvimentos na área do património arquitectónico do mediterrâneo.

O RIPAM 3 tem como principal objectivo o encontro de culturas que têm como berço civilizacional o mar Mediterrâneo, trazendo para conhecimento as principais descobertas e realizações que envolvam o património arquitectónico e que simultaneamente se subordinem à cultura mediterrânica.

Assim, pretende-se que, de uma forma interdisciplinar, todos os agentes envolvidos na criação, protecção e salvaguarda do património arquitectónico se encontrem em torno no conceito da cultura mediterrânica enquanto cultura unificadora berço de numerosas civilizações, mas também cheia de diversidade, encontros, antíteses e acima de tudo plural.

ORGANIZAÇÃO:
FACULDADE DE ARQUITECTURA E ARTES
UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA
PAPERS Comunicações
Os autores que desejem apresentar uma comunicação ou poster (painel) devem submeter os seus resumos com cerca de 1000 palavras, apresentando de forma clara e concisa o propósito da comunicação, os métodos de abordagem, os resultados mais relevantes bem como as suas conclusões.
Os nomes, afiliações institucionais bem como os endereços de correio electrónico devem ser incluídos. O resumo da comunicação deve ser enviado até 31 de Março de 2009 para ripam3.papers at lis.ulusiada.pt ATT: Filipe González (Arq. MSc.).

As línguas oficiais da conferência são o Português, Inglês e Francês, sendo que haverá tradução simultânea.

PRAZOS E DATAS IMPORTANTES
30 MARÇO – envio dos resumos das comunicações

30 ABRIL – notificação da aceitação dos resumos

30 MAIO – envio das comunicações escritas

30 JUNHO – Notificação das revisões

15 JULHO – Entrega definitiva das comunicações escritas.


TEMAS PAINEIS
1. Tradição e modernidade na arquitectura mediterrânica

2. Heranças Culturais

3. Saber fazer tradicional e materiais dominantes

4. Factores e processos de degradação vs. técnicas de restauro.

Para mais informações sobre o call for papers, prazos e datas importantes, o suporte e programa da conferência, objectivos, tópicos, normas de apresentação das comunicações, comissão científica e comissão de honra estão disponíveis em: http://www.lis.ulusiada.pt/eventos/encontros/ripam3/default.htm

Se não pretende apresentar uma comunicação, mas se desejar assistir às conferências, bem como ter acesso a toda a documentação do evento, pode inscrever-se on-line, enviando-nos o formulário devidamente preenchido.

Com os meus melhores cumprimentos Filipe González (Comissão executiva)


Secretariado
Cristina Meirelles Moita – cmm at lis.ulusiada.pt


terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Amigos_CEPA_Brasil



Antes de 2008 acabar não podemos deixar de fazer referência aos amigos que no Brasil, mais concretamente no CEPA- Centro de Educação e Pesquisas Ambientais em Santo António do Pinhal, SP, desenvolvem um trabalho notável a todos os níveis e que merece aqui um destaque especial.
Fica também aqui um abraço de amizade ao Arq. Paulo Ortiz, investigador, projectista e impulsionador de obras em Arquitectura de Terra.

O seu entusiasmo no estudo da construções com terra e a obra desenvolvida no CEPA podem e devem ser seguidos pelo Blog http://ocepaeaarquiteturaemterra.blogspot.com/
O projecto é vasto e muito interessante, abrange o turismo com pousada, cursos específicos e oficinas pedagógicas, escola de artes e ofícios, trilhas e passeios, viveiros e produção de fruta, geleias,compotas entre outras especialidades.
A pesquisa na áreas da Arquitectura de Terra é uma das preocupações e este projecto que para alguns parece um sonho mas é uma realidade na Estrada do Lajeado Km 3,7, Bairro Santa Cruz, Santo Antonio do Pinhal, SP, Caixa Postal 100 CEP 12450-970
Quem estiver por perto vá lá visitar que será concerteza muito bem-vindo.
Aqui fica neste painel do CEPA uma mostra de algumas imagens com a diversidade e belezas do projecto.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

NATAL@ArquitecturasdeTerra



NATAL no Blog Arquitecturas de Terra

Amigos e Amigas das Arquitecturas de Terra

Nesta época Natalícia de Paz, Amor, Prendas e..tal.. é tempo de fazer um balanço em relação ao caminho trlhado no blog, olharmos para trás, compreender o espaço onde nos encontramos, fechar os olhos e dar um salto para o futuro.

Em apenas cerca de 2 meses e meio de divulgação o blog http://arquitecturasdeterra.blogspot.com superou as 1100 visitas.

Estiveram no blog diversificados curiosos, amigos, estudiosos, desconhecidos, críticos, interessados, ou apenas pessoas que se enganaram no site...

Num meio ainda piqueno em Portugal mas muito abrangente no Mundo (?!) e reflectindo sobre um tema ainda desconhecido para alguns, conseguimos divulgar actividades, estudos, intervenções, projectos e obras onde a Terra tem um papel central.

Quisemos discutir ideias, informando e aprendendo mais sobre este universo vasto de técnicas e experiências com a Terra.

Dialogámos com pessoas que não conhecendo a Arquitectura de terra ficaram interessados, com pessoas que criticam o material e também com apaixonados como nós pela Terra. Faltaram no entanto falar os estudiosos sob o tema, os que já aplicaram o material e melhor o conhecem.
Por isso quando olhamos para trás, sentimos que ainda não estamos satisfeitos (e alguma vez estaremos?!).

O blog tal como a própria realidade da Arquitectura de Terra tem um potencial de futuro imenso e muito mais para mostrar e promover. Precisa para isso apenas de vontade (tal como a Passarola de Bartolomeu de Gusmão para voar), de mais intervenção, de crítica, e de mais adesão por parte de quem quer fazer parte.

Olhando para o Futuro, neste ano de 2009 que se aproxima, temos 3 objectivos que são arrojados! e para o quais convidamos todos a participar activamente:

1_Criação de plataformas de Debate_mesas redondas_intervenção teórica_regulamentação
2_Mostras_exposições _divulgação de exemplos_projectos_ideias_sofisticação e modernização das técnicas
3_Crescimento do círculo_de amigos_interessados_críticos_posts_intervenções_blog

Para todos um Natal feliz e um 2009 cheio de sucessos e muitas construções com terra, são os desejos deste vosso Blog

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Arq_Terra_Tenuta La Raia_Itália

Aqui fica mais um bom exemplo, agora em Itália, da introdução de técnicas construtivas com Terra numa perspectiva Arquitectónica contemporânea, e não necessariamente pobrezinha ou moralista tipo enlatado "bio-eco-green".
Nesta bela quinta de produção vinícola em Tenuta La Raia, Itália, as características específicas do material terra são uma vez mais aproveitadas e a Taipa com toda a sua expressividade insere o edifício na perfeição da paisagem.
Ainda não estivemos lá mas dizem-nos fontes avalizadas que o senhor Vinho a descansar entre paredes de taipa é uma pomada!!
O autor das fotografias é Luca Binelli http://www.flickr.com/photos/tags/terracruda/
















terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Marrocos_Fotografias

Ainda antes do fim do ano, vamos de visita à minha tia a Marrocos...hiphop.
Uma pequena selecção de fotografias (na sua maioria de autoria de Xavier Fabre) que mostra como a Cultura e a Arquitectura de Terra estão próximas.


Marrocos, Montanhas do Alto Atlas central (c) Xavier Fabre


Marrocos, Kasbah Itran à El Kelaâ M'Gouna (c) Xavier Fabre


Marrocos, Marrakech (c) Xavier Fabre


Marrocos, Vale das Rosas (c) Xavier Fabre


Marrocos, Skoura (c) Xavier Fabre


Marrocos, Ait Benhaddou (c) Xavier Fabre


Marrocos, Vale do Draa, entrada de um kasbah


Marrocos, Ait Benhaddou (c) Xavier Fabre
Até para o ano!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

EBUK Meeting_Earth Building_UK

Para os colegas e amigos em Inglaterra, vai decorrer em Janeiro de 2009 o primeiro encontro de Construção com Terra no Reino Unido.
A organização ficará a cargo da "Earth Building UK", uma associação recém-criada de âmbito nacional para representar, apoiar e promover a construção em Terra no Reino de Sua Majestade.
Esta é uma oportunidade para participar na organização e operacionalidade da EBUK desde o seu início. Este primeiro encontro terá lugar na Universidade de Bath no dia 16 de Janeiro de 2009. Mais pormenores sobre o evento, incluindo processo de registo no evento, podem ser encontrados aqui: http://www.bath.ac.uk/ace/ebuk-meeting/.
Um conjunto de apresentações sobre diversos temas ligados às diversas técnicas de construção em terra terão lugar durante o evento.
Para mais informações contactar:
Enrico Fodde
Lecturer
BRE Centre for Innovative Construction Materials
Department of Architecture and Civil Engineering
University of Bath
Bath BA2 7AY
UK
Tel: +44 (0) 1225 383185
Fax: +44 (0) 1225 384495
Pete Walker,
Director
BRE Centre for Innovative Construction Materials,
Dept. Architecture & Civil Engineering,
University of Bath,
Bath BA2 7AY,
UK.
Tel: 01225 386646
Fax: 01225 386691

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Enviromentally friendly Earth Homes

Aproveitamos para colocar um pequeno artigo de opinião sobre Construção em Terra crua e Construções com Palha publicado no site http://our-greenhome.com por C. Bailey-Lloyd / Lady Camelot

Environmentally-Friendly Earth Homes
December 2, 2008 ·

What are “Earth Homes?” Earth homes are houses that are basically constructed from the earth. Some earth homes are built from adobe, mud, straw or even underground as an earth-sheltered home. Environmentally friendly, earth homes are easy to warm and cool and extremely energy efficient.
Adobe Earth homes are houses constructed from bricks comprisedof tightly compacted earth, clay and straw. Adobe earth homescan be naturally water proofed by using fermented cactus juice!
Earth sheltered earth homes are houses the are constructed underground - or at least mostly beneath the ground surface.

Surrounding soil is a superp and natural insulation which makes these homes cheap to heat and cool. Usually installed in awell-drained hillside, earth sheltered homes have a skylight window that can fill the home with natural sunlight. Although costs may run a bit higher than conventional home construction,earth sheltered homes are a good, long-term investment as lowered maintenance and energy savings make up the difference.
Straw Bale earth homes are making a comeback as well. Straw bale earth homes are obviously constructed of straw and grass, are energy efficient, and can cut material building costs by as much as fifty percent.
Earth homes, such as Cob Houses are built from clay-type lumpsof soil, sand and straw. Similar to the adobe homes, except cobearth homes do not use bricks or blocks. Cob homes have walls that are sculpted into smooth forms. Again, very energy efficient, cob homes are well-suited for the very cold climates and deserts.
Rammed earth homes may have over 18-inch, thick walls that are made from a comcination of dirt, sand, cement and water. Energy conservative, rammed earth homes have the appearance of bungalow-style charm and help keep the house warm in winter and cool in the summer. Additionally, rammed earth homes may last hundreds of years.
Why build an earth home? Earth homes conserve energy, and in most cases are easier to maintain and can endure for years to come.
As we embark on a strange, new age and global warming continuously on the rise, doesn’t it make sense to construct your new custom home as an earth home?
©2004 - All Rights Reserved Environmentally-Friendly Earth HomesC. Bailey-Lloyd / Lady Camelot
Author: C. Bailey-Lloyd/LadyCamelot

Conferência_Terra naArquitectura_Miguel Mendes

Vem em cima da data mas aqui fica a divulgação da Conferência proferida pelo Arq. Miguel Mendes em Évora.
.